O Direito Achado na Rua: nossa conquista é do tamanho da nossa luta

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Livro de docentes da UnB orienta curso para alunos da América Latina e Caribe

Sexto volume da série O Direito Achado na Rua será lançado em espanhol, junto com curso a distância que vai atender 500 alunos de sete países da região
Débora Cronemberger - Da Secretaria de Comunicação da UnB
Fonte: http://www.unb.br/noticias/unbagencia/unbagencia.php?id=6820
O sexto volume da série O Direito Achado na Rua será material de trabalho de curso à distância voltado para estudantes e profissionais da América Latina e do Caribe. No dia 1º de setembro, começam as aulas da primeira turma, que reúne 500 alunos de sete países: Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai, Costa Rica, El Salvador e Haiti. A data é a mesma em que será apresentado o sexto volume da série, El Derecho desde la calle: Introdución Critica al Derecho a La Salud, a versão em espanhol, revista e ampliada, do quarto volume, lançado em 2009, que abordou o Direito à Saúde.
A organização do livro e do curso resulta de parceria entre o Centro de Educação à Distância (CEAD) da Universidade de Brasília, a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) de Brasília. O livro possui artigos que contaram com a colaboração de 53 autores, entre juristas e sanitaristas. “Nem todos os sistemas de saúde da região são includentes como o Sistema Único de Saúde brasileiro. Em alguns países há um sistema de contrapartida por parte do usuário. Nosso objetivo, com o livro e o curso, é enfatizar que o direito à saúde é universal”, afirma Maria Célia Delduque, coordenadora do Programa de Direito Sanitário da Fiocruz Brasília.
Na sexta-feira, 6 de julho, o reitor da UnB, José Geraldo de Sousa Junior, reuniu-se com Maria Célia Delduque, que também é professora do Departamento de Saúde Coletiva na UnB, e com Sandra Alves, pesquisadora colaboradora do Programa de Direito Sanitário da Fiocruz Brasília, para discutir os últimos detalhes gráficos do livro e da formatação da plataforma de ensino à distância. José Geraldo é organizador da série, que teve início no final da década de 1980. 
Paulo Castro/UnB Agência
Reunião discutiu últimos detalhes gráficos do livro e da plataforma de ensino
META - O curso, com grade de 90 horas e duração prevista de três meses, tem como meta atender a 45 mil alunos da América Latina e do Caribe. “Esse projeto surge em vista do sucesso do curso, em português, que o CEAD promoveu em 2009 para 600 operadores do Direito”, diz Maria Célia. Ela conta que o curso foi tão bem avaliado que a OPAS sugeriu a oferta de curso similar para o âmbito regional. A primeira turma de alunos, que começa em setembro, pode incluir também estudantes de Cuba.

“O curso tem como público alvo pessoas das áreas de Direito e de Saúde, mas Cuba tem o interesse de capacitar líderes comunitários. No Haiti, país de língua francesa, participarão do curso apenas acadêmicos”, afirma Maria Célia. A seleção dos alunos é feita em cada país, que deve enviar a lista dos selecionados para o CEAD proceder a matrícula. Ao fim do curso, cada aluno receberá um certificado de extensão da UnB.

SÉRIE – O livro El Derecho desde la calle: Introdución Critica al Derecho a La Salud é o sexto volume da série O Direito Achado na Rua - projeto criado em 1987 sob a forma de um curso de extensão universitária à distância, elaborado por pesquisadores do Núcleo de Estudos para a Paz e os Direitos Humanos, com apoio da então Coordenadoria de Educação a Distância do Decanato de Extensão – hoje chamada de Centro de Educação a Distância (CEAD-UnB).

O primeiro volume, Introdução Crítica ao Direito, abordou o Direito de forma ampla. “Esse projeto não foi concebido como uma série, mas como um curso de capacitação jurídica. Porém, atraiu o interesse dos estudantes, que o adotaram como um novo manual”, explica o reitor José Geraldo. O interesse crescente pelo conteúdo diferenciado resultou em novos volumes, desta vez com temas específicos: Direito do Trabalho, Direito Agrário, Direito à Saúde e Direito das Mulheres – este último foi lançado no dia 30 de junho, no Núcleo de Prática Jurídica da UnB em Ceilândia. Leia mais aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário